Quem sou eu

Minha foto
Itabuna, Bahia, Brazil
Licenciada em Química pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc- Bahia); Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade de São Paulo (USP); Professora do ensino Fundamental e Médio há 12 anos. Trabalha com Jogos e atividades lúdicas no ensino de Ciências, especialmente a Química.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

O uso das TICs no ambiente escolar


O uso das TICs no ambiente escolar
Profª Regina Maria Dutra

Introdução
Cada dia que passa a informática se torna mais constante na vida das pessoas. No ambiente escolar ela vem sendo inserida de forma gradativa. Hoje todo trabalho burocrático pode ser feito de maneira mais rápida e eficiente. A escola vem mudando estrutural e funcionalmente em relação as novas TICs.
Até pouco tempo tudo era feito manualmente dentro do ambiente escolar. Um trabalho demorado e que se danificava mais facilmente com o passar do tempo. Hoje as escolas possuem máquinas de xerox, as secretarias são equipadas com computadores conectados à internet e podem fazer a ligação entre escolas agilizando, assim, o trabalho de coleta de informações em relação a vida de seus alunos e funcionários.
Através desse artigo pretendo fazer uma pequena reflexão sobre a importância das tecnologias de informação e comunicação no ambiente escolar.

Desenvolvimento
A utilização das tecnologias está se tornando cada vez mais populares. As pessoas utilizam tecnologias a todo instante, seja em casa com novos eletrodomésticos que facilitam a vida, seja com aparelhos que se conectam e interagem com o mundo externo, seja no ambiente de trabalho onde as novas tecnologias implantadas a todo o momento, ou no ambiente escolar onde trabalhos como o de confecção de boletins, cadastro de alunos e funcionários, certificados de conclusão de curso, históricos e mais uma infinidade de atividades são feitos com a ajuda de computadores e máquinas de xerox. As escolas, ainda, contam com internet para conexão com as superintendências de ensino, secretárias de ensino e demais escolas, minimizando e agilizando as informações.
Segundo RAMOS "a utilização das novas tecnologias tem provocado transformações na realidade social, confirmando a importância do uso dos computadores e das mídias digitais na Educação". Contudo, apesar do grande discurso sobre a importância da utilização das TICs nas escolas percebemos que o professor, ainda, está arraigado as salas de aula tradicionais. Talvez isto se deva ao fato que nós professores não fomos educados com tecnologias. Nós somos os chamados ?migrantes digitais?, nascemos em uma era com pouca tecnologia e estão nos adaptando a elas.
De acordo com VILARINHO "o que não pode ocorrer é o professor ignorar o fato de a tecnologia digital fazer parte do dia a dia do aluno (...). os recursos tecnológicos são armas fundamentais para tornar as aulas mais instigantes e apreciadas". O aluno ao contrario do professor é um ?nativo digital?, nasceu inserido as novas tecnologias e não tem medo dela.
Estamos presenciando a popularização das TICs, que se tornam, cada vez mais, parte da vida das pessoas, seja no trabalho ou como forma de interação das pessoas com o mundo em que estão inseridas, difundindo conhecimentos e culturas.
O uso do computador e das mídias digitais se torna cada vez mais importantes para a melhoria do ambiente escolar. Mas essa melhoria só se torna significativa a partir do momento que o professor toma consciência que para ser eficiente ele deve conhecer e ter um conhecimento básico da tecnologia que irá utilizar para não correr o risco de se perder perante indivíduos críticos que dominam esse tipo de equipamento.
As TICs devem ser usadas no ambiente escolar como um aliado para a promoção do aprendizado, não se esquecendo que o professor é quem determina o conteúdo e o aluno é o sujeito que decide o melhor caminho para digerir esse conteúdo. Como afirma VIEIRA "as profundas e rápidas transformações, em curso no mundo contemporâneo, estão exigindo dos professores que atuam na escola, de um modo geral, uma revisão de suas formas de atuação". O professor hoje tem o papel de mediador-facilitador-animador do processo de ensino aprendizagem para formar alunos críticos que buscam construir seu próprio saber.
FRÓES afirma que "os recurso atuais da tecnologia, os novos meios digitais: multimídia, a Internet, a telemática trazem novas formas de ler, de escrever e, portanto, de pensar e agir". Os alunos muitas das vezes já estão familiarizados com as mídias (são nativos digitais) mas não percebem sua importância educativa. O simples ato de editar um texto faz com que a pessoa interprete de forma diferente o texto que utiliza ou que está produzindo.
A utilização das TICs no ambiente escolar não deve ser vista como uma ferramenta apenas para apresentação de um assunto, pois quando a usamos somos modificados por elas e, tanto professores quanto alunos conseguem melhorar seus conhecimentos e adquirir novos.
O professor não precisa se tornar um especialista em TICs para que estas tecnologias sejam implantadas em suas aulas. Ele precisa é de incentivo, de estímulo para poder mudar sua ação pedagógica e ter consciência de que ele é um facilitador do conhecimento e que as mudanças escolares partem principalmente dos professores.
Finalizando podemos citar MORAN, que afirma que "Há mudanças drásticas no mundo do trabalho. As empresas estão substituindo todas as tarefas de rotina, previsíveis, por soluções tecnológicas, programas ou equipamentos. (...) [Pessoas] que saibam resolver problemas, trabalham bem tanto individualmente como em grupo e que sejam extremamente eficientes". Por isso, é que o ambiente escolar tem que se inovar e buscar nas TICs uma aliada para formar pessoas qualificada e que possam suprir as necessidades do mercado de trabalho atual.

Considerações finais
Podemos perceber que para se utilizar as TICs no ambiente escolar o que precisamos é de professores incentivados e abertos aos novos conhecimentos, que percebam que seus alunos são sujeitos nativos das tecnologias e estão se desenvolvendo em conjunto com elas, descobrindo a cada apertar de botão um mundo novo, e que ele, professor, deve perder o receio de apertar o botão e estragar a máquina. Tudo começa na escola e com a ajuda dos professores e das TICs é que se espalha pela mundo.

Referencias bibliográficas
FRÓES, José R.M. Educação e Informática: A relação Homem/Máquina e a Questão da Cognição ? http://www.proinfo.gov.br/bilbioteca/textos/txtie4doc.pdf
MORAN, José Manuel. Desafios na Comunicação Pessoal. 3ª ed.. São Paulo: Paulinas, 2007-p.10-15.
VIEIRA, Fábia Magali Santos. Gerência da Informática Educativa: segundo um pensamento sistemático ? http://www.connect.com.br/ñtemg7/gerinfo.htm (nov/2002)
VILARINHO, Sabrina. Equipe Brasil Escola. http://www.educador.brasilescola.com>...< Português.

Por Regina Maria Dutra.
Graduada em Ciências Sociais, professora de História para as séries finais do Ensino Fundamental e de Sociologia para o Ensino Médio da rede estadual de Minas Gerais e tutora presencial do curso de Graduação de Geografia pela Unimontes, no polo de Pompéu.

Fonte: http://www.webartigos.com/artigos/o-uso-das-tics-no-ambiente-escolar/59618/

Nenhum comentário:

Postar um comentário