Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Alguns livros que todo educador químico deve ler!!!!

Imagem
Manual de Química Experimental Manual de Química Experimental Autor:Divulgação Álvaro Crispino, Pedro Faria – Editora Átomo – Brasil – 2010 Este manual insere-se nas fontes de consulta rápida para usuários de laboratórios de química e áreas afins. Ele é indicado tanto para a formação de alunos, quanto para o desempenho positivo das atividades de professores e técnicos de laboratório, que têm suas necessidades específicas atendidas nesta fonte de pesquisa. Atende tanto os que ainda não têm qualquer familiaridade com o laboratório, e que não conhecem o que nele existe, como aquele que ali trabalha rotineiramente. Descreve o ambiente de laboratório, desde a sua concepção, escolha dos materiais mais adequados para a sua construção, sinalização e disposição dos insumos, normas de conduta, cuidados e precauções.
Alquimistas e Químicos Alquimistas e Químicos Autor:Divulgação José Átila Vanin – Editora Moderna – Brasil O fascínio da química e a capacidade que ela confere ao homem de transforma…

O USO DO JOGO AUTÓDROMO ALQUÍMICO COMO MEDIADOR DO ENSINO DOS CONCEITOS DE ALQUIMIA E QUÍMICA.

Imagem
Olá meu povo. Mais um artigo publicado. Em breve estarei postando aqui no blog.
Por enquanto podem acessar os anteriores, como vocês solicitaram.
Até mais, 
Eliana Moraes de Santana

Universidade de São Paulo Instituto de Física Instituto de Química...www.teses.usp.br/teses/disponiveis/.../Eliana_Moraes_de_Santana.pdf‎ 31/05/2012 - ...Autódromo Alquímico como mediador da aprendizagem no Ensinode Química. ... O uso do jogo autódromo alquímico como mediador..... Quadro 7.28 Pontos em comum entre Alquimia e Química- Conceitos.................. 152. Você já visitou esta página várias vezes. Última visita: 31/08/13 atividades lúdicas como elementos mediadores da ... - 4Shareddc510.4shared.com/doc/RXlgywdp/preview.html‎

Jogos no Ensino de Química

Imagem
Aqui você encontra propostas de uso de jogos didáticos no ensino de diferentes conceitos químicos. Links Godoi, T. A. F.; de Oliveira, H. P. M.; Codognoto, L. Tabela periódica – um super trunfo para alunos do ensino fundamental e médio, Química Nova na Escola, v. 32, n. 1, p. 22-25, 2010.
qnesc.sbq.org.br/online/qnesc32_1/05-EA-0509.pdf dos Santos, A. P.; Michel, R. C. Vamos jogar uma SueQuímica?, Química Nova na Escola, v. 31, n. 3, p. 179-183, 2009.
qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_3/05-EA-0108.pdf Benedetti Filho, E.; Fiorucci, A. R.; Benedetti, L. P. S.; Craveiro, J. A. Palavras cruzadas como recurso didático no ensino de teoria atômica, Química Nova na Escola, v. 31, n. 2, p. 88-95, 2009.
qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_2/05-RSA-1908.pdf Franco-Mariscal, A. J.; Cano-Iglesias, M. J. Soletrando o Br-As-I-L com símbolos químicos, Química Nova na Escola, v. 31, n. 1, p. 31-33, 2009.
qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_1/06-RSA-5907.pdf Soares, M. H. F. B. S.; Cavalheiro, E. T. G. O Ludo como…

FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS DAS RELAÇÕES CTS NO ENSINO DE CIÊNCIAS

Imagem
FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS DAS RELAÇÕES CTS NO  ENSINO DE CIÊNCIAS
EPISTEMOLOGICAL FOUNDATIONS OF STS RELATIONS IN SCIENCE  TEACHING
Luciana de Nazaré Farias1 Werventon dos Santos Miranda  Silvio Carlos Ferreira Pereira Filho
RESUMO
Nesse artigo os autores visam discutir os fundamentos epistemológicos das relações CTS (Ciência, Tecnologia,  Sociedade) presentes em temas considerados socialmente relevantes no ensino de ciências. Foi considerado que um dos principais objetivos do ensino de ciências numa  abordagem CTS é o desenvolvimento da capacidade de tomada de decisões por parte dos  estudantes, contribuindo, assim, para sua participação na sociedade. Embora haja uma busca  por mudanças, as pesquisas têm mostrado que, nas escolas, os conhecimentos científicos  ainda são apresentados aos alunos com status de conhecimento superior aos demais, como  sendo a verdade absoluta. Como resultados preliminares, as pesquisas  apontam para uma crescente valorização dos estudos CTS, que indicam a…

Formação de Professores

Imagem
A disciplina Ciências Naturais foi homologada no currículo escolar nacional desde lei da LDB 4.024/61, no entanto a normalização de professores ocorreu somente na década de 70 (MAGALHÃES JUNIOR; OLIVEIRA 2005, p. 1), há uma ligação a valorização da educação quando existe uma valorização do profissional da educação através das políticas públicas e da consagração do ensino básico público e gratuito, Libâneo et al. (2007, p. 129, 130) comenta sobre essa falta de valorização:
As conseqüências da inversão de prioridades estariam, por exemplo, no abandono da democratização do acesso e da permanecia de todos na escola básica em nome da qualidade do ensino. A qualidade do ensino que diminui os índices de evasão e repetência, mas não consegue incluir efetivamente todas as crianças e os jovens na vida escolar da educação básica. Outra conseqüência diz a respeito ao descompromisso do Estado ao descentralizar ações para a comunidade, desobrigando-se de manter políticas públicas, especialmente as s…