Os Jogos Educacionais de Cartas como Estratégia de Ensino em Química


Patrícia Barreto Mathias Focetola
Pedro Jaber Castro
Aline Camargo Jesus de Souza
Lucas da Silva Grion
Nadia Cristina da Silva Pedro
Rafael dos Santos Iack
Roberto Xavier de Almeida
Anderson Cosme de Oliveira
Claudia Vargas Torres de Barros
Enilce Vaitsman
Juliana Barreto Brandão
Antonio Carlos de Oliveira Guerra
Joaquim Fernando Mendes da Silva
Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID
Este trabalho relata a experiência didática dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no ensino dos conceitos ligação química e funções inorgânicas, utilizando três diferentes jogos educacionais. As atividades didáticas foram realizadas com alunos do 1º e 2º anos do ensino médio de três escolas públicas do estado do Rio de Janeiro, sendo que três jogos de cartas foram utilizados para introduzir, reforçar ou exercitar os conceitos químicos ministrados. A contribuição pedagógica dos jogos foi analisada por meio de questionários de avaliações discentes e seus resultados demonstram a efi ciência destes como ferramentas didáticas no ensino de ciências, em geral, e de química, em particular.
jogos educacionais, ligação química, funções inorgânicas



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos sobre jogos no ensino de Química na Revista Química Nova na Escola

Super trunfo da Tabela Periódica