Quem sou eu

Minha foto
Itabuna, Bahia, Brazil
Licenciada em Química pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc- Bahia); Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade de São Paulo (USP); Professora do ensino Fundamental e Médio há 12 anos. Trabalha com Jogos e atividades lúdicas no ensino de Ciências, especialmente a Química.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Baralho sobre o sistema imunológico e a defesa do organismo

O sistema imunológico e a defesa do organismo

Campanha Emagrece, Brasil


Por que ficamos doentes? Use perguntas assim para começar sua aula sobre o sistema imunológico e faça o download de um jogo de cartas que pode ampliar a compreensão da turma!



Vídeo "Fluxo sanguíneo - invasão do vírus" da Academia de Ciência e Tecnologia de São José do Rio Preto (SP)


Objetivos
  • Compreender como o sistema imunológico atua na defesa do corpo
  • Relacionar hábitos saudáveis de vida com o bom funcionamento do sistema imunológico

ConteúdoSistema imunológico (também chamado de sistema imune ou imunitário)

Anos4º e 5º anos

Tempo estimado
8 aulas

Materiais necessários
Material informativo sobre sistema imunológico:

Desenvolvimento
1ª etapa
Inicie a aula perguntando aos alunos por que ficamos doentes. Pergunte também
por que não ficamos doentes o tempo todo. Recorde que vivemos cercados de micro-organismos (bactérias, vírus, fungos etc.) e, portanto, de alguma forma o nosso corpo nos protege destes invasores.

Continue a discussão com o seguinte questionamento: Afinal, como o corpo se defende dos micro-organismos? Estimule a turma dizendo que todos estão prestes a entrar numa batalha no interior do nosso corpo. Diga que para participar, basta leitura e envolvimento nas aulas!

2ª etapa
Entregue para os alunos a cópia do texto "Como o vírus entra no nosso corpo?", retirado do site Universidade das Crianças. Promova a leitura e discussão, ressaltando que a autora destaca o sistema de defesa do corpo humano.

Explique que o nosso corpo é bem protegido pela pele e por membranas que revestem os órgãos, formando uma importante barreira contra o ataque dos invasores. Mesmo assim, micro-organismos são capazes de superar essa defesa e entrar no nosso corpo. Neste momento, entra em ação o sistema imunológico, e começa uma batalha entre os invasores e os glóbulos brancos.

Se o conteúdo de sistema circulatório já foi trabalhado, recorde com eles o papel dos linfócitos. Do contrário, reserve um tempo da aula e explique que os glóbulos brancos são células encontradas no sangue e que participam da defesa do corpo.

Para que eles entendam o quão dinâmica é a resposta imunológica e tenham um primeiro contato com novos termos, como o nome dos linfócitos, apresente o filme "Fluxo sanguíneo - a invasão dos vírus". Esclareça que não é preciso se ater aos nomes diferentes que vão aparecer, o importante é tentar compreender o mecanismo de defesa que será apresentado.

3ª etapa

Verifique qual foi a compreensão do vídeo. Questione: "O que esse vídeo apresentou?"; "Onde essas células são encontradas?". Faça com os alunos a lista dos nomes das células que apareceram no vídeo. Apresente imagens de cada tipo celular e elabore coletivamente uma explicação da função de cada uma delas:

macrófagos: são células especializadas em encontrar e "comer" os invasores (o termo científico é fagocitar, como usado no vídeo), e também ativam os linfócitos T, ou seja, avisam da presença do micro-organismo invasor;

linfócitos T: têm capacidade de ativar outras células, ou seja, avisam outras células da presença do invasor, trabalho que é realizado pelo linfócito T4 (também chamado CD4), e também destroem células invadidas, trabalho realizado pelo linfócito T8 ( também denominado CD8);

linfócitos B: depois de ativados pelo linfócito T, são capazes de produzir anticorpos, substâncias especiais que neutralizam os invasores.

Destaque que os anticorpos são muitos específicos, ou seja, para cada tipo de invasor é produzido um anticorpo. Como analogia, use o mecanismo da chave de uma porta e sua específica fechadura: se a chave não for da fechadura, ela nunca abrirá a porta. Da mesma forma, para cada tipo de invasor é produzido um anticorpo específico para matá-lo.

Reapresente o vídeo "Fluxo sanguíneo - invasão do vírus", agora em partes, reforçando com os estudantes as etapas do mecanismo da resposta imunológica. Elabore coletivamente um texto ou um esquema representando o mecanismo de defesa do corpo.

Durante a exibição do vídeo, esclareça para os alunos que se trata de uma animação e, portanto, é uma representação do que ocorre no nosso corpo. Ao mostrar as imagens das células, destaque que são feitas com auxílio de microscópios sofisticados e, depois, coloridas no computador.

4ª etapa
Retome a discussão com a turma e pergunte: "Vocês já compreenderam o mecanismo de defesa do corpo. Então, por que às vezes ficamos doentes?". Eles deverão compreender que em algumas situações o nosso organismo não consegue se defender de forma eficiente dos invasores. Questione o que deve ser feito nesses casos. Discuta a necessidade de avaliação médica quando adoecemos, pois somente os médicos podem prescrever a medicação correta para combater a doença e seus efeitos. Chame atenção sobre o perigo da automedicação.

Pergunte para a turma se eles sabem o que pode ser feito para fortalecer o sistema imunológico. Faça cópias da matéria "Cuide do sistema imunológico para estar bem sempre", retirada do site da revista Saúde, e solicite uma primeira leitura silenciosa. Verifique se eles associaram as informações do texto, principalmente do primeiro parágrafo, com a resposta imunológica estudada anteriormente. Discuta cada um dos hábitos saudáveis que fortalecem o sistema imunológico e verifique quais os estudantes realizam.

5ª etapa
Promova a leitura do texto "Alimente o seu sistema imune", retirado do site da revista Saúde. Reflita sobre como o conhecimento sobre o sistema imunológico possibilitou que eles compreendessem o texto. Utilize o infográfico da matéria para reforçar as etapas da resposta imunológica, bem como a necessidade de uma alimentação adequada.

Como atividade para a casa, peça que os alunos leiam para seus familiares as matérias e verifiquem quais entre os hábitos apresentados estão sendo praticados pela família. Solicite que façam uma pesquisa sobre alimentos ricos em zinco e vitamina C. Reforce que ambas atividades devem ser registradas no caderno.

6ª etapa
Apresente à turma o jogo "Batalha imunológica". Explique que se trata de um jogo de cartas sobre o sistema de defesa do organismo. Com esta brincadeira, os estudantes vão entender ainda mais as etapas da resposta imunológica.

Clique na imagem abaixo para fazer  o download do baralho:
Jogo do sistema imunológico
Imagens do baralho retiradas do vídeo "Fluxo sanguíneo - invasão do vírus" da Academia de Ciência e Tecnologia de São José do Rio Preto (SP)
O baralho é composto por:
  • 1 carta "vírus na corrente sanguínea"
  • 4 cartas "macrófago fagocita invasor"
  • 4 cartas "macrófago ativa o linfócito T (CD4)"
  • 3 cartas "linfócito T (CD4)ativado
  • 3 cartas "linfócito T (CD4) ativa linfócito B (CD8)"
  • 3 cartas "linfócito B (CD8)ativado"
  • 3 cartas "anticorpo x vírus"
  • 3 cartas "Pule o colega!"

Forme grupo de cinco estudantes e distribua as cartas. Leia para a turma as instruções e esclareça eventuais dúvidas:

Instruções:
- Separe do baralho a carta "vírus na corrente sanguínea". Coloque essa carta no centro da mesa.
- Um estudante deve embaralhar as cartas e distribuí-las. Cada colega recebe três cartas. As que sobrarem, serão colocadas no monte para serem "compradas".
- Inicia o jogo o colega que fica à direita de quem distribuiu as cartas.
- O objetivo é refazer a sequência da resposta imunológica:  "vírus na corrente sanguinea"  - >  "macrófago fagocita invasor" - > "macrofágo ativa o linfócito T (CD4)" - >"linfócito T (CD4)ativado" - >  "linfócito T (CD4) - > linfócito B (CD8)"- > "linfócito B (CD8) ativado" - > "anticorpo x vírus"
- Caso o jogador não tenha a carta da sequência, ele compra uma no monte. Se não servir, passa a vez para o colega.
- A carta "pule o colega!" faz com que o próximo jogador perca a vez. Essa carta não pode ser usada para finalizar o jogo.
- Vence o jogo quem encerrar a sequência com a carta "anticorpoxvírus". Caso as cartas acabem antes, o jogador deverá comprar no monte.
Avaliação
A participação dos alunos nas aulas será um bom indicativo para avaliação. Verifique como foi o envolvimento com o jogo e a realização da atividade de casa. Peça para os alunos elaborarem textos individuais sobre como o nosso corpo se defende da invasão dos micro-organismos. Leia os textos analisando se os estudantes empregaram corretamente os conceitos e se compreenderam o processo de defesa realizado pelo sistema imunológico.
Flávia Pereira Lima
Professora de Ciências no Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação da Universidade Federal de Goiás (UFG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário