A Inovação na Área de Educação Química

Autores:

Nicole Glock Maceno
Orliney Maciel Guimarães
Pesquisa no Ensino de Química
Este trabalho discute o que é inovação na área de Educação Química a partir da análise de materiais textuais de três grupos: os interlocutores da Revista Química Nova na Escola, os de escolas e os de livros. A partir das contribuições de Moraes e Galiazzi (2007) sobre a Análise Textual Discursiva, foram construídos três metatextos para cada uma das categorias consideradas: Objetivos da Educação Química, Importância da Educação Química e Abordagens potencialmente inovadoras. Dentre as principais evidências, foi possível compreender que, para esses interlocutores, é inovação para a área de Educação Química ter como escopo a formação voltada para a cidadania, que os estudantes possam reconhecer a importância social dessa área e que os professores considerem os princípios da interdisciplinaridade e da contextualização - além dos temas que emergem do contexto em que estão inseridos - para a organização curricular e a proposição de situações de aprendizagem que sejam significativas e integradas às vivências desses sujeitos.
Educação Química, Inovação, Abordagens de ensino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos sobre jogos no ensino de Química na Revista Química Nova na Escola

Super trunfo da Tabela Periódica